Preso acusado de chefiar tráfico na Favela do Fumacê-RJ

Acusado de tráfico, associação para o tráfico e porte ilegal de arma, Luiz Cláudio Nóbrega Russo, mais conhecido como Claudinho Feijão, foi preso hoje em operação da Delegacia de Repressão a Armas e Explosivos (Drae) na Favela do Fumacê, em Realengo, na zona oeste do Rio. Segundo o delegado Carlos Antônio Luiz de Oliveira, titular da Drae, Claudinho Feijão é um dos chefes do tráfico na região.Ele, de acordo com a polícia, estava armado com uma pistola calibre 40. "Foi uma operação de rotina; agora, vamos finalizar o inquérito contra os criminosos que atuam na região, do Terceiro Comando", disse. Um total de 20 policiais participou do cerco. A assessoria da Polícia Civil divulgou nota na qual afirma que Claudinho Feijão é "considerado um dos bandidos mais sanguinários da zona oeste" e homem de confiança de um criminoso identificado como Fernandinho Português, apontado como líder do tráfico de drogas na Fumacê.

FELIPE WERNECK, Agencia Estado

29 de abril de 2008 | 18h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.