Preso acusado de clonar mais de 500 cartões em SP e RJ

Homem de 31 anos foi detido em flagrante em um banco na Avenida Sumaré, na zona oeste da capital paulista

GABRIELA VIEIRA, Agência Estado

29 de maio de 2013 | 11h43

Um homem responsável por clonar mais de 500 cartões bancários nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro foi detido nessa terça-feira, 28. O acusado, de 31 anos, foi preso em flagrante em um banco na Avenida Sumaré, na zona oeste de São Paulo.

Quando deixava a agência, após fazer uso de um cartão em branco, o suspeito foi abordado por policiais civis e confessou o crime. Na casa dele, a Polícia encontrou mais de 500 cartões magnéticos em branco e de diferentes bandeiras. Os cartões eram de débito, credito e de segurança social. Além dos cartões, foram apreendidos máquinas de clonagem, um notebook e R$ 3 mil.

Tudo o que sabemos sobre:
cartões clonadosPolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.