Preso acusado de liderar traficantes de classe média

O advogado Flávio Carino Guimarães, de 32 anos, conhecido como Doutor, foi preso ontem, em Ipanema, no Rio de Janeiro, por policiais da Delegacia Especial de Atendimento ao Turista (DEAT). Ele é apontado como líder de uma quadrilha de traficantes integrada por jovens de classe média do Rio. Flávio está com prisão decretada pela Justiça, em razão de uma investigação feita pela Delegacia Combate às Drogas que durante a operação Lâmina II, em 31 de janeiro de 2008, foram presos vários integrantes do bando.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.