Preso acusado de matar ex-namorada em academia em SP

A polícia prendeu hoje, no centro de São Paulo, o acusado de matar a tiros sua ex-namorada em uma academia na Lapa, na zona oeste de São Paulo. A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP). Marina Sanches Garnero, de 23 anos, foi baleada quatro vezes, na recepção do estabelecimento, na noite de ontem. A Justiça deverá decretar a prisão preventiva do suspeito, que será autuado em flagrante. A proprietária do estabelecimento, Maeby Guimarães, disse que Marina já vinha sendo ameaçada pelo ex-namorado há bastante tempo. Ainda de acordo com testemunhas, por causa das ameaças, Marina já havia registrado quatro boletins de ocorrência contra o ex-namorado. O ex-namorado teria aproveitado o momento de pouco movimento, pouco antes de a academia fechar, para disparar seis tiros contra a garota.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.