Preso criminoso que cedeu arma usada em homicídios

Foi preso na tarde de ontem por investigadores da 34ª Delegacia, de Bangu, na zona oeste do Rio, Sidnei de Andrade França, conhecido como "Pinto", de 34 anos. Ele é acusado de ter emprestado uma arma de fogo para Ivierson Cleison Santana da Silva, o "Pitbull", usar após uma briga entre vizinhos no bairro de Guadalupe, zona norte do Rio, no dia 20 de abril.

RICARDO VALOTA, Agência Estado

10 Junho 2011 | 06h45

Na ocasião, Antônio Carlos Fernandes, de 59 anos, e o filho dele, Michael Douglas Fernandes, de 31, foram baleados e morreram. Ivierson, autor do duplo homicídio, está foragido. Sidnei foi identificado como criminoso após ser levado à delegacia por policiais militares do plantão do hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo.

Ele deu entrada na unidade médica com uma lesão provocada por tiro de arma de fogo, nas nádegas. Após ser medicado teve alta e seguiu para a delegacia. Segundo contou em depoimento, ele estava andando na rua quando foi abordado por dois homens que anunciaram um assalto e atiraram nele. Porém nenhum pertence foi roubado.

Na delegacia, após consulta ao banco de dados da Polinter, os agentes identificaram que contra Sidnei havia um mandado de prisão expedido pelo 4º Tribunal do Júri, por participação em homicídio. Ele foi preso e será levado para o sistema penitenciário onde ficará à disposição.

Mais conteúdo sobre:
prisão homicídios Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.