Preso estelionatário que prometia emprego em Paris

Um suposto estelionatário foi preso hoje, na zona sul de São Paulo, acusado de cobrar quase R$ 3 mil para garantir empregos em Paris, na França. Segundo informações iniciais da Secretaria de Segurança Pública (SSP), o suspeito, de 42 anos, anunciava em jornais de Minas Gerais um emprego como pedreiro para construir um shopping em Paris, a 3.300 euros por mês, com direito a benefícios, como plano de saúde.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

03 de maio de 2010 | 12h14

Ele alugava um escritório para fazer reuniões, arrecadava o dinheiro, indicava um hotel que não tinha reserva e fugia em seguida. A prisão aconteceu nesta manhã em uma das salas comerciais alugadas, na Avenida Nações Unidas, onde ele recebia os interessados, os quais pagavam uma quantia de R$ 2.800 para poder usufruir da oferta de emprego.

Tudo o que sabemos sobre:
crimeestelionatoempregoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.