Preso hacker que 'criava' dinheiro para fraudes na web

A Polícia Federal prendeu hoje, em Fortaleza, o hacker considerado um dos mais perigosos do Brasil em razão da complexidade da fraude eletrônica que vem praticando. Ele agia desde 2003 em crimes contra bancos e lojas de comércio eletrônico. Utilizando-se de uma modalidade de fraude desconhecida até o momento, o hacker "criava" virtualmente o dinheiro que utilizava para pagar suas contas e gerar créditos em sua conta corrente.K.C.F.(a PF não revelou o seu nome) foi detido junto com documentos e computadores em vários locais, que eram utilizados pelo hacker, até para esconder mercadorias adquiridas com informações falsas pela Internet. O prejuízo estimado ultrapassa R$ 300 mil. O hacker foi preso em flagrante quando recebia em sua residência produtos que haviam sido adquiridos em loja de comércio eletrônico com fraude no pagamento.Entre os produtos adquiridos com o golpe encontram-se dezenas de celulares de última geração, DVDs, CDs, frigobar, camisas, tênis, colchão, roupa de cama e banho e, até mesmo, livros com os quais presenteou altas autoridades da República. Parte dos produtos era vendida no sítio de comercio eletrônico Mercado Livre, onde o hacker se passava por uma vendedora, com nome falso.

MILTON F. DA ROCHA FILHO, Agencia Estado

06 de setembro de 2007 | 18h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.