Preso no Rio acusado pela morte de diretor do Bangu III

Esteves Gouveia Barreto, conhecido como Rosinha, um dos acusados de participação no assassinato do diretor do presídio de segurança máxima Bangu 3, tenente coronel José Roberto do Amaral Lourenço, foi preso e será apresentado hoje na sede Delegacia de Repressão a Armas e Explosivos (Drae).Segundo a polícia, Esteves foi o responsável por seguir o diretor e monitorar seus passos, para facilitar o ataque no dia 16 de outubro deste ano, na Avenida Brasil, no trecho próximo a Deodoro, no subúrbio. Na apresentação, o delegado titular da Drae, Carlos Alberto de Oliveira, dará todos os detalhes sobre a morte do diretor do presídio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.