Preso no RJ falsificador de documentos para traficantes

Nelson Espírito Santo Martins, de 44 anos, acusado por crimes de estelionato, foi preso ontem no Rio durante uma ação integrada de inteligência entre a Coordenadoria de Informação e Inteligência Policiais (Cinpol) e o Sistema Penitenciário (Sispen). Segundo a polícia, havia contra ele 19 mandados de prisão pelo crime de estelionato, homicídio e roubo qualificado. Nelson é apontado como o principal falsificador de documentos para traficantes, dentro e fora dos presídios.De acordo com o delegado da Cinpol, Henrique Paulo Mesquita Pessôa, Martins foi preso quando iria fazer uma visita aos presos do presídio Milton Dias Moreira, em Japeri, na Baixada Fluminense. Os documentos de identidade e de habilitação que o suspeito portava eram falsos, de acordo com o delegado. No momento da prisão, do lado de fora da penitenciária, ele estava em companhia com duas advogadas, que segundo o delegado, trabalham para membros da facção criminosa Comando Vermelho. Ele era procurado em diversos Estados e, ainda segundo a polícia, ele estava foragido de um presídio mineiro.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

26 de março de 2008 | 12h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.