Preso radioamador que atrapalhava Marinha no Rio

Foi preso na manhã de ontem em Copacabana, no Rio de Janeiro, um radioamador que utilizava uma frequência reservada da Marinha para atormentar e atrapalhar o serviço marítimo, segundo a Polícia Federal.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

13 de janeiro de 2011 | 13h02

Em meados de 2010, a Marinha avisou à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) sobre a interferência na frequência 156.8 MHz, canal 16 do Serviço Móvel Marítimo, proveniente de estação não identificada na área da Baía de Guanabara. Este canal é reservado internacionalmente para alertas de socorro e salvamento.

Diogo de Lima, suspeito de causar essas interferências quase que diariamente, se autodenomina "Ciaga" e passou a ser monitorado. Segundo a PF, o homem instigava outros cidadãos a se comunicarem com ele indevidamente no mesmo canal e zombava da Marinha a partir de um transmissor fixado em um táxi.

Tudo o que sabemos sobre:
RadioamadorprisãoMarinhaRJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.