Preso suposto chefe do narcotráfico em 20 favelas de SP

Apesar de baleado na barriga, ele conseguiu fugir e só foi capturado mais tarde, em um hospital

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

27 de maio de 2008 | 15h56

O Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic) prendeu nesta terça-feira, 27, um jovem de 23 anos suspeito de controlar o tráfico de drogas em 20 favelas da zona sul de São Paulo. De acordo com o Deic, Marcio Souza Inês Andrade, conhecido como Marcinho Pequeno, atuava em favelas como Vietnã, Santa Catarina e Jardim Alba. Na madrugada, policiais da Delegacia de Repressão a Fraudes contra Seguros do Deic encontraram o local de reunião do grupo na zona sul.Houve tiroteio e Andrade, apesar de ter sido baleado no abdome, conseguiu fugir. Mais tarde, ele foi encontrado em um hospital da região, onde permanece internado em estado gravíssimo, segundo a assessoria de imprensa do Deic. A polícia faz a segurança do hospital para evitar que o suspeito seja resgatado por comparsas. O nome do hospital também não será divulgado por motivos de segurança. Na casa onde o bando se reunia, a polícia encontrou cocaína, maconha, crack, éter, duas metralhadoras, uma espingarda calibre 12 e munição para pistolas e fuzil.

Mais conteúdo sobre:
tráfico de drogas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.