Preso suspeito de explosão de bomba em padaria no RS

Segundo polícia, ele também é suspeito de tentar matar um policial e detonar bomba em imobiliária

Elvis Pereira, estadao.com.br

16 de junho de 2008 | 12h18

A Polícia Civil deteve na manhã desta segunda-feira, 16, um suspeito de envolvimento na explosão de uma bomba na Padaria e Lancheria Roquete, no centro de Porto Alegre, há uma semana. O acusado, de 50 anos, foi encontrado no Condomínio Guadalajara, em Gravataí, na região metropolitana. Na casa dele, foram apreendidos um revólver calibre 38 com numeração raspada, munição, um notebook, equipamentos para escutas telefônicas e material explosivo. Por conta da arma, ele deve ser autuado por porte ilegal.  A prisão ocorreu durante o cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão na capital e em Gravataí. A operação foi intitulada Explosão. Segundo a assessoria de imprensa da corporação, o suspeito participou da detonação de um artefato numa imobiliária no bairro Floresta, em Porto Alegre, no ano passado, e tentou matar um policial da Divisão de Homicídios, em 2006. À polícia, ele teria contado que atua como detetive.

Tudo o que sabemos sobre:
explosãoPadariaRio Grande do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.