Preso suspeito de matar mulher achada em mala em SP

Um homem de 40 anos suspeito de matar uma mulher encontrada dentro de uma mala na represa de Mairiporã, na Grande São Paulo, foi preso ontem. O crime aconteceu em janeiro deste ano. O suspeito havia fugido para o Ceará e programava a volta para São Paulo, onde ficaria escondido. Policiais civis da Seccional de Franco da Rocha, porém, já monitoravam o suspeito e o detiveram dentro de um ônibus durante seu retorno à capital paulista. Um comparsa dele no crime foi identificado e é procurado.

AE, Agência Estado

14 de fevereiro de 2011 | 14h45

O corpo da mulher foi encontrado em 21 de janeiro, dentro de uma mala, na represa, próximo da estrada rural Santa Inês, em Mairiporã, a 26 quilômetros da capital paulista. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso. Na ocasião, um representante comercial, de 30 anos, contou que retirou a mala da represa porque a viu boiando e dela saía um liquido avermelhado que aparentava ser sangue. A mala estava fechada com corda e cadeado.

Tudo o que sabemos sobre:
mortemulhermalarepresaMairiporãSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.