Preso trio acusado de 28 assaltos a bancos em SP

A Polícia Federal (PF) prendeu ontem, na zona leste de São Paulo, três homens acusados de assaltar agências bancárias diariamente. Os suspeitos são dois irmãos gêmeos, conhecidos como "Magrela" e "Fininho", e um rapaz identificado como Alemão. Segundo a PF, os irmãos integram o Primeiro Comando da Capital (PCC) e eram procurados pela Justiça. Os acusados, segundo investigações, já participaram de pelo menos 28 roubos a bancos.Com os três, foram apreendidas uma metralhadora americana calibre 380, uma pistola Beretta calibre 765 e uma réplica calibre 45 da marca Springfield Armary. Eles responderão pelos crimes de roubo, formação de quadrilha e porte ilegal de arma de fogo. As prisões foram efetuadas pela Delegacia de Repressão aos Crimes contra o Patrimônio (Delepat) da PF. De acordo com a corporação, recentemente, outras três membros do bando foram presos em flagrante quando se preparavam para invadir a agência Utinga da Caixa Econômica Federal situada em Santo André, no ABC paulista.

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

13 de novembro de 2007 | 19h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.