Preso um dos assaltantes de fábrica de joias no RS

Um dos participantes da quadrilha que explodiu uma fábrica de joias em Cotiporã no dia 30 de dezembro foi preso nesta quarta-feira, em Pinhal, no litoral norte do Rio Grande do Sul, pela Polícia Civil.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

16 de janeiro de 2013 | 19h34

O homem, de 41 anos, conhecido como "Cacaio", estava em uma casa monitorada pelos investigadores há duas semanas, e não resistiu ao cerco dos policiais. O assalto aterrorizou os 4 mil moradores do pequeno município serrano. Inicialmente, os bandidos fizeram frequentadores de um bar de escudos humanos enquanto usavam explosivos para arrombar o estabelecimento. Depois levaram sete reféns com eles.

Em um tiroteio com a Polícia Militar, três assaltantes morreram e cinco reféns escaparam. Os outros cinco fugitivos sequestraram mais sete pessoas de uma mesma família e entraram em um mato, onde abandonaram todos os nove reféns, no mesmo dia. Três dias depois, invadiram a casa de outra família e levaram um homem como refém até o local onde foram resgatados por comparsas. Um dos participantes da quadrilha foi preso naquela semana. Três ainda são procurados pela polícia.

Mais conteúdo sobre:
prisãoassaltoRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.