Presos 14 por roubar cooperativas de café em MG e SP

A polícia civil de São Paulo, em conjunto com a polícia mineira, prendeu ontem 14 pessoas envolvidas em roubos a fazendas e sítios e cooperativas de café, em Franca, no interior de São Paulo, segundo a Polícia Militar. A operação contou com 140 policias e um helicóptero da polícia de Minas Gerais, para cumprir 25 mandados de prisão na região.Doze pessoas foram presas e levadas para o presídio de São Sebastião do Paraíso, em Minas. Outras duas pessoas foram presas acusadas por receptação da material roubado. Entre os presos está Marcos Carlos Brandão, de 25 anos, conhecido como O Nego, que a polícia acredita ser o líder da quadrilha. Nas casas dos detidos, foram encontrados objetos roubados de propriedades rurais, como rádios de comunicação e berrantes. Foram apreendidas também duas armas calibre 38.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.