Presos acusados de falsificar papéis para visto dos EUA

A Polícia Federal (PF) prendeu hoje três acusados de falsificar documentos para interessados em obter visto dos Estados Unidos e Canadá. As prisões ocorreram no Espírito Santo e Rio. Além destes Estados, o trio também atuaria em Minas Gerais. Suspeita-se que, em janeiro, mais de 30 pessoas tenham recorrido ao serviço, desembolsando US$ 9 mil (R$ 15 mil) cada uma. Um dos acusados foi surpreendido autenticando papéis num cartório de registro civil na capital fluminense. Estavam com ele, quatro supostos clientes. Segundo a PF, após deixar o cartório, o grupo pretendia ir ao Consulado dos EUA para pedir vistos com os documentos falsos. Em Vitória, foram detidos dois suspeitos e cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em dois escritórios e duas residências.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.