Presos em Minas acusados de envolvimento com PCC

Quadrilha estaria planejando um assalto de grandes proporções na cidade, diz a polícia

Solange Spigliatti, estadao.com.br

27 de maio de 2008 | 10h08

Sete pessoas, algumas delas acusadas de serem integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), foram presas nesta terça-feira, 27, em Governador Valadares, Minas Gerais, após denúncia anônima, segundo informações da Polícia Militar. A quadrilha, de acordo com a denúncia, estaria planejando um assalto de grandes proporções na cidade.Avistron Luiz de Souza, de 38 anos, Washington Mirochi Horita, de 23 anos, Tarcísio Moura Muniz, de 26 anos, Anderson Rio Branco, de 26 anos, Graziela dos Santos Garcel, de 19 anos, Jones Anderson Marques da Silva, de 24 anos, e Cléber da Silva Máximo, de 28 anos, todos com antecedentes criminais, recém chegados da capital de São Paulo, foram presos em duas casas no Jardim Ipê. No local da prisão também foram apreendidos armas e munições.

Mais conteúdo sobre:
crime organizadoPCC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.