Presos retornam ao PR após serem barrados no Rio

Três detentos que foram devolvidos do Rio de Janeiro para Catanduvas, no Paraná, já foram entregues ao presídio de segurança máxima, segundo a direção da penitenciária. O três estavam detidos no presídio paranaense e foram enviados na noite de ontem para o Rio de Janeiro. Porém, uma decisão da Justiça impediu que eles fossem transferidos e os detentos acabaram devolvidos para Catanduvas na mesma noite.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

29 Julho 2009 | 10h10

Após a recusa do Rio de Janeiro de receber os presos e da aeronave deixar a capital fluminense, a informação era de que o avião não havia chegado nos possíveis aeroportos de Cascavel, no Paraná, ou de Florianópolis, em Santa Catarina. De acordo com a Polícia Federal (PF) de Cascavel, cidade próxima a Catanduvas, não havia nenhum esquema especial para aguardar os detentos. Funcionários do presídio no Paraná também disseram que não tinham informações sobre a chegada dos presos. A Força Aérea Brasileira (FAB) se limitava a informar que o avião tinha pousado, mas ainda não havia divulgado o local.

Os presos Isaías da Costa Rodrigues, Ricardo Chaves de Castro Lima e Marco Antonio Pereira Firmino da Silva são acusados de comandar, do interior do complexo de presídios de Bangu, no Rio de Janeiro, ataques a bases da Polícia Militar (PM) e contra ônibus no final de 2006. Eles também são acusados de homicídios. Os três faziam parte da facção criminosa Comando Vermelho.

Mais conteúdo sobre:
JudiciáriopresosCatanduvasRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.