Presos suspeitos de roubar joalheria de shopping em SP

A Polícia Civil prendeu ontem cinco suspeitos de participação no roubo à joalheria The Graces, no Shopping Ibirapuera, zona sul da capital paulista, ocorrido no domingo à noite. O bando já era investigado pelo assalto a outra loja da mesma rede, realizado em 13 de abril, no Shopping Pátio Paulista, no Paraíso, também na zona sul. As prisões foram feitas por policiais da 2ª Delegacia de Roubos de Jóias do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic). Dois suspeitos foram presos no Ipiranga, zona sul, e três na Bela Vista, região central. Um dos acusados teve a prisão temporária de 30 dias decretada pela Justiça na semana passada. A equipe do delegado-titular Edison Santi monitorava esse acusado havia um mês. As investigações tiveram início logo após o roubo à joalheria The Graces do Shopping Pátio Paulista. As ligações telefônicas do celular dele foram interceptadas com autorização judicial.O mesmo bando é suspeito de participar de outros dois roubos. As fitas do circuito interno de TV dos shoppings Pátio Paulista e Ibirapuera foram encaminhadas para a 2ª Delegacia de Roubo de Jóias. Funcionários das duas lojas vão ser chamados ao Deic para fazer o reconhecimento pessoal dos suspeitos.Os nomes dos cinco presos não foram revelados pela polícia. Eles negam envolvimento nos crimes. Um sexto suspeito de integrar a quadrilha está foragido. De acordo com a Polícia Civil, as jóias roubadas não tinham sido recuperadas até ontem à noite. As informações são do Jornal da Tarde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.