Presos suspeitos de roubo a caixa eletrônico na Baixada

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos prendeu na manhã desta terça-feira, 25, oito pessoas suspeitas de envolvimento no roubo de caixas eletrônicos na Baixada Santista. De acordo com o delegado da DIG, Marcelo Gonçalves da Silva, a ação foi decorrente de uma investigação desencadeada há seis meses.

ZULEIDE DE BARROS, Agência Estado

25 Março 2014 | 15h02

Na segunda-feira, 24, quatro ex-policiais militares foram presos na capital como suspeitos de participação em uma quadrilha que vinha atuando na região, especialmente nas cidades de Praia Grande, Mongaguá e Itanhaém.

Os ex-policiais presos, que pediram exoneração da Polícia, eram considerados foragidos da Justiça. Eles tinham fugido depois de terem a prisão preventiva decretada em setembro do ano passado. Eles foram convocados a depor no Tribunal de Justiça Militar e, ao comparecerem, foram presos durante a audiência.

Todos os suspeitos foram acusados de dar cobertura à ação dos marginais que assaltavam caixas eletrônicos instalados em bancos e supermercados. Os ex-PMs foram identificados em escutas telefônicas autorizadas pela Justiça, nas quais davam cobertura aos assaltantes no momento em que explodiam os terminais bancários.

Mais conteúdo sobre:
santoscaixa eletrônicoroubo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.