Presos suspeitos por morte de torcedor em Campinas

Seis pessoas foram presas nesta sexta-feira, em Campinas, no interior de São Paulo, acusadas de participar da morte do torcedor do Guarani, Anderson Ferreira, de 28 anos, na semana passada, segundo informações da Polícia Civil.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

23 Março 2012 | 12h13

De acordo com a polícia, os suspeitos foram levados para a 10º DP de Campinas, onde prestaram depoimento, e seriam levados para a cadeia no prédio anexo ao distrito policial. A justiça, segundo a polícia, vai determinar para qual presídio o grupo será transferido.

O crime aconteceu na quinta-feira, dia 15, na Avenida Ayrton Senna, em Campinas, após as partidas entre Guarani e Ponte Preta, válidas pela Copa Ouro (torneio amistoso não organizado pela FPF), nas categorias sub-15 e sub-17. O torcedor Anderson morreu após receber várias pancadas na cabeça em confronto com a torcida rival.

Mais conteúdo sobre:
Prisão torcedor

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.