Previdência privada cresce 19,3% em janeiro--comunicado

A captação da previdência privada aberta teve arrecadação de 4,7 bilhões de reais em janeiro, um aumento de 19,27 por cento ante igual mês de 2011, informou nesta quinta-feira a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi).

REUTERS

29 Março 2012 | 17h12

Segundo a entidade, que reúne 61 sociedades seguradoras e 15 entidades abertas de previdência complementar os planos empresariais tiveram aportes de 694,8 milhões de reais, crescimento de 34 por cento, na comparação anual.

Os planos individuais tiveram alta de 17,55 por cento, com arrecadação de 3,9 bilhões de reais.

Por modalidades, a maior arrecadação foi das carteiras VBGL, com ingresso de 3,9 bilhões de reais, alta de 19,36 por cento. Nos planos PGBL, o aumento foi de cresceu 24,9 por cento, para 570,6 milhões de reais. Os planos tradicionais totalizaram aportes no valor 279,2 milhões de reais.

A carteira total do setor teve alta de 19,99 por cento em 12 meses, para 271,5 bilhões de reais. As carteiras VGBL cresceram 27,96 por cento, enquanto as da categoria PGBL tiveram aumento de 14,5 por cento.

RANKING

A Bradesco Vida e Previdência liderou o ranking de arrecadação em janeiro, com 32,6 por cento dos aportes, seguida por BrasilPrev (do Banco do Brasil), com 25,2 por cento, Itaú Vida e Previdência (22,1 por cento), Caixa Vida & Previdência (6,3 por cento), Santander Seguros (4,5 por cento) e HSBC Vida e Previdência (4,2 por cento).

(Por Aluisio Alves)

Mais conteúdo sobre:
FINANCAS PREVIDENCIA JANEIRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.