Primeira mulher turista espacial recebe sinal verde

A candidata a se transformar a primeiramulher a ser turista espacial, a americana de origem iranianaAnousha Ansari, recebeu sinal verde da comissão examinadoraestatal russa para ir à Estação Espacial Internacional (ISS). Ansari, uma empresária de 39 anos, completou com sucesso osexames para voar à ISS a bordo da nave russa Soyuz TMA-9, emsetembro, junto com o astronauta russo Mikhail Tiurin e o americano Michael López-Alegria, que integram a 14ªexpedição permanente (ISS-14) à plataforma orbital. Junto com a turista, foram examinados Tiurin e López Alegria,disse à agência oficial russa Itar-Tass um porta-voz do Centro deTreinamento de Astronautas Yuri Gagarin. A nova missão tem como tarefa substituir o russo Pavel Vinogradove o americano Jeffrey Williams, que junto com o alemão Thomas Reiterformam a atual tripulação do laboratório espacial. Vinogradov e Williams estão prestes a cumprir seis meses depermanência na plataforma, e Reiter - que chegou à ISS na naveDiscovery em julho - ficará a bordo para se integrar como o terceiromembro da ISS-14. A turista espacial, que terá que desembolsar US$ 21,6 milhõespara ver a Terra a partir da Estação Espacial Internacional,permanecerá dez dias no espaço, dois deles a bordo da nave Soyuz.

Agencia Estado,

30 de agosto de 2006 | 13h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.