Primeiro dia de conciliações rende R$ 8,1 mi em acordos

Semana Nacional de Conciliação começou na segunda e vai até sexta-feira em todo o País

Paulo R. Zulino, do estadao.com.br,

04 de dezembro de 2007 | 10h20

O primeiro dia da Semana Nacional de Conciliação chegou a acordos que somam pelo menos R$ 8,1 milhões em 4350 audiências realizadas. Deste total, 1.351 processos chegaram a soluções negociadas, o que representa 31% de acordo. Foram atendidas 6.537 pessoas somenta na segunda-feira, 3, segundo os dados parciais informados pelos tribunais até às 17 horas de segunda-feira ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A maior parte das audiências e do volume negociado foi informada pela Justiça do Trabalho, que realizou 3.629 audiências, que resultaram em 1.122 acordos, somando R$ 7.853.587. Na Justiça Estadual, em 345 audiências, houve 111 acordos, que movimentaram R$ 38.501. Na Justiça Federal, das 386 audiências, obtiveram êxito 118, totalizando R$ 292.742 em negociações entre as partes. A Justiça de Trabalho do Maranhão negociou o pagamento, no primeiro dia da Semana da Conciliação, cerca de R$ 1,6 milhão em precatórios do Estado. No Ceará, no escritório de Prática Jurídica da Universidade de Fortaleza (Unifor), a média foi de 80% de êxito, resultado de um esforço que agregou 200 alunos e uma equipe de 100 servidores. O mutirão, realizado em Torres (RS), foi concluído na última sexta-feira com um total de 223 audiências entre o Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (DNIT) e os proprietários das terras. Foram registrados 191 acordos e 22 processos sem conciliação, sendo que outros 11 foram adiados. O índice de acordos chegou a 90%, totalizando o valor de R$ 7 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.