AFP PHOTO / ANGELOS TZORTZINIS
AFP PHOTO / ANGELOS TZORTZINIS

Primeiro-ministro grego diz estar 'cheio de confiança' para reunião com grupo europeu

Grécia tenta renegociar dívida que chega a 175% do PIB

REUTERS

15 Fevereiro 2015 | 13h20

O primeiro-ministro grego Alexis Tsipras espera negociações difíceis em uma reunião de ministros de Finanças da zona euro na segunda-feira sobre como proceder com seu resgate internacional, mas continua confiante, disse ele a uma revista alemã, em uma entrevista publicada no domingo.

"Espero negociações difíceis, no entanto, estou cheio de confiança", disse Tsipras à revista alemã Stern, reiterando pedidos para que os credores internacionais deem a Atenas mais tempo para implementar seu programa de reformas.

"Eu prometo a você: a Grécia será, então, em seis meses, um país completamente diferente", disse ele.

A Grécia e os seus parceiros da zona do euro estão em árduas negociações sobre exigências por parte do novo governo de esquerda liderado por Tsipras pelo fim da austeridade e uma renegociação da dívida. O programa de resgate atual do país expira no final de fevereiro.

Tsipras adotou um tom conciliador dizendo que queria uma situação em que todas as partes ficassem satisfeitas. No entanto, o estilo de confronto do novo governo grego não agradou alguns políticos na Alemanha, tesoureira da zona do euro.

Hans Michelbach, um parlamentar conservador sênior, advertiu os parceiros da zona do euro da Grécia contra dar muitas concessões a Atenas.

"Existem programas que foram assinados pela Grécia e aos quais o novo governo está amarrado. Acordos internacionais não podem ser quebrados", ele foi citado como tendo dito ao jornal Handelsblatt, no sábado.

(Reportagem de Caroline Copley)

Mais conteúdo sobre:
GREVIA PRIMEIROMINISTRO EURO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.