Problema no microfone dificulta distribuição do E90 da Nokia

Telefone empresarial tem componente defeituoso que deixam chamadas com barulhos de fundo

Reuters

29 Agosto 2007 | 10h56

A Nokia informou que um componente defeituoso no microfone, aliado à alta demanda, prejudicaram a disponibilidade do principal telefone empresarial da companhia, o E90 Communicator.   Veja também:  Nokia vai trocar 46 milhões de baterias para celular   Barulhos de fundo durante as chamadas telefônicas, que causaram reclamações dos consumidores, foram causados pela falha de um componente do microfone, disse nesta terça-feira a porta-voz da Nokia Enterprise Solutions, Theresa Parenteau, à Reuters.   "Apesar de o problema agora estar resolvido, isso resultou numa disponibilidade mais limitada do que divulgado originalmente em alguns mercados", disse ela.   Quando a Nokia apresentou o aparelho, em fevereiro de 2007, a empresa afirmou que começaria a vendê-lo no segundo trimestre do ano em alguns mercados, e o maior volume de remessas seria entre julho e setembro.   Os consumidores também reclamaram de manchas na tela do telefone causadas por algumas teclas do teclado que encostavam na tela. A Nokia respondeu que agora implantou uma camada fortalecida na tela e modificou o teclado para que as teclas não toquem mais na tela.   O E90 Communicator, que tem um teclado completo, custa entre 750 e 800 euros, antes da cobrança de impostos e descontos.

Mais conteúdo sobre:
Celular Nokia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.