Problemas na energia afetam linha 9 da CPTM

Problemas na rede aérea de energia prejudicam a circulação de trens nesta manhã de terça-feira na linha 9, Esmeralda (Osasco - Grajaú) da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) entre as estações Berrini e Autódromo, na zona sul da capital paulista.

AE, Agência Estado

15 Maio 2012 | 07h32

Neste trecho de sete estações, as composições estão circulando por uma única via desde as 4h30, o que provoca atrasos e maior intervalo entre os trens em toda a linha. Técnicos da companhia tentam identificar a origem do defeito para providenciar o conserto. Não há previsão para normalização.

Metrô - Em razão do tempo maior de intervalo entre os três na linha 9 da CPTM, o Metrô foi obrigado a reduzir a velocidade das composições em toda a linha 5 Lilás para evitar um acúmulo muito grande de passageiros na estação Santo Amaro, onde ocorre a interligação entre as duas linhas.

Um problema de tração deixou uma composição parada entre as 5h50 e 5h54 desta manhã na estação Palmeiras-Barra Funda (zona oeste) do Metrô. Segundo a assessoria de imprensa do Metrô, a capacidade de tração voltou ao normal após esse período e a composição pôde seguir viagem em direção à zona leste da cidade.

Mais conteúdo sobre:
transporte CPTM energia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.