Procon-GO fiscalizará atendimento de aéreas

O Procon de Goiás fiscalizará as companhias aéreas para saber se elas se adequaram às novas regras de atendimento da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que entra em vigor amanhã (29). As medidas obrigam as empresas a oferecer canais de atendimento para o registro de queixas e reclamações.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

28 Outubro 2011 | 18h00

As novas regras de atendimento estão previstas na Resolução nº 196 da Anac, de 24 de agosto de 2011, e valem para todas as empresas aéreas regulares nacionais e estrangeiras que operam no Brasil. De acordo com o regulamento, além do atendimento via internet e telefone, as empresas de transporte aéreo deverão disponibilizar os guichês de atendimento presencial no local.

A estrutura de atendimento deve ser montada em área distinta dos balcões de check-in e das lojas destinadas à venda de passagens. O atendimento presencial deve estar disponível no mínimo duas horas antes de cada decolagem e duas horas após cada pouso. Após o usuário registrar a reclamação, a companhia deverá informar o prazo final para a resposta, que não poderá ser maior que cinco dias úteis.

Mais conteúdo sobre:
transporte aéreas Procon

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.