Prodam assina contrato de R$ 17,2 milhões sem licitação

A Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo (Prodam) assinou contratou sem licitação de R$ 17,2 milhões com a Aceco, empresa que construirá uma "sala-cofre" para proteger o sistema de informática da Prefeitura. A Aceco já firmou contratos similares sem concorrência com diversos órgãos, com o argumento de que é a única empresa com certificação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para esse tipo de equipamento.

DIEGO ZANCHETTA E RODRIGO BURGARELLI, Agência Estado

26 de junho de 2013 | 09h12

Entretanto, há outras empresas que atendem a normas internacionais. O Tribunal de Contas da União (TCU) já recomendou que casos como esse devem passar por licitação. Tanto a empresa quanto a Prodam afirmaram, em nota, que a contratação foi feita por causa da certificação da ABNT e que os preços são compatíveis com serviços anteriores. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
ProdamSPsala-cofre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.