Produção de aço bruto no Brasil deve cair 19,1% em 2009

A produção de aço no Brasil deve apresentar queda de 19,1 por cento em 2009, para 27,3 milhões. A estimativa foi divulgada nesta segunda-feira pelo Instituto Aço Brasil, nova denominação do Instituto Brasileiro de Siderurgia.

REUTERS

24 Agosto 2009 | 15h48

A entidade estima vendas internas de 16,6 milhões de toneladas de aço neste ano, queda de 23,7 por cento na comparação com 2008.

O instituto projeta queda de 35 por cento no valor das exportações no ano, para 5,2 bilhões de dólares. Em volume, porém, as vendas externas devem subir 6,2 por cento, para cerca de 9,7 milhões de toneladas.

As estimativas apontam para uma melhora no setor siderúrgico nos últimos meses do ano, já que de janeiro a julho a produção de aço bruto caiu 36,9 por cento contra igual período de 2008, para 13,1 milhões de toneladas.

Recentemente siderúrgicas decidiram religar alto-fornos que estavam parados.

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) informou que vai contratar 700 funcionários de agosto a outubro, enquanto espera aumento de 51 por cento nas vendas de aço no segundo semestre em relação aos seis primeiros meses do ano.

Nesta segunda-feira, o Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda) informou que os estoques do setor voltaram a níveis históricos em julho .

(Por Alberto Alerigi Jr. e Guillermo Parra-Bernal)

Mais conteúdo sobre:
SIDERURGIAIBSPREVISOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.