Produção de montadoras japonesas atinge recorde em 2003

A Toyota Motor Corp. e outras grandes montadoras japonesas elevaram sua produção no exterior a nível recorde durante 2003, para atender a um aumento na demanda nos EUA, Europa e Ásia. A Toyota, que assumiu em 2003 o lugar da Ford de segunda maior em vendas no mundo, informou que a produção em suas unidades no exterior subiu para o recorde de 2,56 milhões de veículos no ano passado. A Honda Motor Co superou o recorde de produção em 2002 e atingiu a marca de 1,80 milhão de veículos produzidos no exterior no ano passado. A produção da Nissan Motor Co também atingiu recorde, de 1,49 milhão de veículos, aumento de 14,2% em relação a 2002. A produção global da Toyota cresceu 7,8% em 2003, para 6,08 milhões de veículos; a produção da Honda avançou 2,4%, para o recorde de 2,97 milhões de veículos; a produção global da Nissan subiu 9,8%, para 2,96 milhões de veículos. No mercado japonês, a produção da Toyota avançou 1%, para 3,52 milhões de veículos e a da Nissan cresceu 5,7%, para 1,47 milhão de unidades. A produção doméstica da Honda caiu 15,5% em 2003, para 1,17 milhão, primeira retração desde 1999. A Mazda informou alta de 10,4% em sua produção global durante o ano passado, para 1,04 milhão de veículos, enquanto a produção no exterior saltou 42%, para 240,8 mil veículos. A Mitsubishi Motors disse que sua produção global caiu 5,7% em 2003, para 1,58 milhão de veículos, refletindo queda na produção doméstica e no exterior, em consequência de contração nas exportações e na produção na América do Norte.

Agencia Estado,

26 de janeiro de 2004 | 10h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.