Professores da rede pública de São Paulo terão e-mails

Focada na capacitação profissional, medida deve beneficiar cerca de 250 mil educadores

Milton F. da Rocha Filho, da Agência Estado, Agencia Estado

04 de setembro de 2007 | 08h27

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo definiu que todos os professores da rede estadual terão e-mails. Esta é apenas a primeira de uma série de ações para aperfeiçoar a troca de informações e a capacitação de funcionários da pasta.   Cerca de 250 mil professores serão beneficiados. Outros 35 mil funcionários também terão e-mails. A expectativa da Secretaria é que os endereços eletrônicos sejam nome.sobrenome@edunet.sp.gov.br. Atualmente os professores não contam com e-mail da rede de ensino paulista.Além de e-mails, a Secretaria prepara um pacote para aprimorar as condições de trabalho dos funcionários da pasta. Outra medida será instalar um computador, um televisor e kit multimídia nas salas de professores para que seja realizada capacitação dentro da escola, sem necessidade de deixar o local de trabalho.   A criação de e-mails possibilitará que os professores recebam materiais educacionais de maneira mais rápida e simples.

Tudo o que sabemos sobre:
E-mailRede Pública de Ensino

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.