Professores do Colégio Pedro II aderem à greve no Rio

Professores das 14 unidades do Colégio Pedro II entraram em greve no Rio de Janeiro. No sábado, dia 17, eles aderiram à paralisação da educação federal. A categoria reivindica fixação de data-base, antecipação de reajuste de 5%, previsto para abril de 2015, e isonomia entre servidores. "Hoje o nosso vale-refeição é de R$ 340, mas o servidor do Judiciário ganha R$ 800", disse Luiz Ribeiro, do sindicato dos professores.

CLARISSA THOMÉ, Agência Estado

19 de maio de 2014 | 20h30

Tudo o que sabemos sobre:
professores federaisRiogreve

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.