Programa do PMDB só põe na TV ala pró-Lula

Cortejado pelo PT para indicar o vice na chapa presidencial da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, o PMDB usou seu programa partidário em cadeia nacional no rádio e na TV para enaltecer o governo Lula. O programa de dez minutos, apresentado pelo presidente da Câmara, Michel Temer, cotado para vice de Dilma, também destacou a participação do partido em ministérios e no Congresso. Integrantes do PMDB contrários à aliança com o PT não apareceram no filme.

JULIA DUAILIBI, O Estadao de S.Paulo

27 de novembro de 2009 | 00h00

"Nos últimos seis anos, 19 milhões de pessoas deixaram a linha da pobreza alcançando uma vida mais digna e com mais oportunidades", afirmava o locutor no início do filme. Ao som do Hino Nacional, foram destacados os nomes dos principais programas sociais do governo, como Bolsa-Família, Luz Para Todos e Minha Casa, Minha Vida.

Na sequência, Temer apareceu falando sobre a atuação do partido no governo. "Hoje áreas importantes do governo federal estão sob o comando do PMDB. É assim que ajudamos o governo a desenvolver o País, oferecendo oportunidades para quem não tinha futuro e trazendo esperança para quem só tinha desassossego." O filme também trouxe entrevistas dos ministros peemedebistas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.