Projeto prevê aulas sobre o Holocausto na rede municipal

O projeto de lei nº 112/2009 que prevê aula sobre Holocausto na disciplina de história da rede municipal de ensino de São Paulo avançou na Câmara dos Vereadores. O projeto já foi aprovado pela Comissão de Educação, por 5 votos a 2, e deve seguir agora para a Comissão de Finanças antes de chegar ao Plenário.

JOÃO PAULO CARVALHO, Agência Estado

23 de agosto de 2011 | 19h55

O projeto, de autoria do vereador Floriano Pesaro (PSDB), dispõe a inclusão de noções sobre o Holocausto na disciplina de história ministrada nas escolas da rede municipal de ensino no município de São Paulo e de outras províncias.

A justificativa do projeto, que vai de acordo com uma resolução da Organização das Nações Unidas (ONU), diz que "vários países, incluindo Grã-Bretanha, Itália e Alemanha, já consideram o dia 27 de janeiro o dia da memória às vítimas do Holocausto porque nessa data, em 1945, os soviéticos liberaram os presos do campo de concentração de Auschwitz - Birkenau, na Polônia.".

O texto diz ainda que "a resolução rejeita qualquer questionamento sobre a existência do Holocausto e enfatiza o dever dos Estados-membros de educar futuras gerações sobre o horror do genocídio e condena todas as manifestações de intolerância ou violência baseadas em origem étnica e de credo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.