Promiscuidade traz saúde a abelhas

Cientistas sempre se questionaram por que abelhas-rainhas, na comparação com outros insetos sociais, são tão mais promíscuas. Um novo estudo sugere que ter muitos parceiros parece resultar em uma colmeia mais saudável.

O Estado de S.Paulo

20 Março 2012 | 03h02

Pesquisadores dos Estados Unidos e da Holanda, em trabalho na revista PLoS ONE, mostram que isso tem a ver com as bactérias presentes nos corpos das abelhas e na comida que elas armazenam. Quanto mais promíscua a rainha, maior a quantidade de bactérias boas, o que melhora a saúde e a nutrição da colônia. / GIOVANA GIRARDI, COM NYT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.