Promotoria recorre contra casamento gay

México

, O Estadao de S.Paulo

29 de janeiro de 2010 | 00h00

A Promotoria-Geral da República do México recorreu à Corte Suprema contra a legalização do casamento entre homossexuais na capital. O motivo seria "proteger a família". Os vereadores aprovaram a legalização do casamento gay pela primeira vez na América Latina em 21 de dezembro. O prefeito Marcelo Ebrard criticou os promotores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.