Protesto de motoboys é iniciado com atraso em SP

Manifestação no centro da cidade estava marcada para as 9 horas, mas só teve início depois das 10 horas

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

11 de fevereiro de 2008 | 10h40

O protesto de motoboys marcado para as 9 horas desta segunda-feira, 11, teve início depois das 10 horas, após o desbloqueio das ruas próximas ao local de encontro, segundo a Associação dos Mensageiros e Motociclistas e Mototáxi e Afins do Estado de São Paulo (AMMSP), organizadora da manifestação.   Segundo a associação, as vias de acesso ao Pátio do Colégio, na região central de São Paulo, onde se iniciaria a carreata, estavam bloqueadas pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o que impedia a passagem dos motociclistas. Mesmo com a manifestação, o trânsito em São Paulo começou a dar sinais de melhora por volta das 10h30, após alcançar o índice de 112 quilômetros, por volta das 9h30, segundo medição da CET. A lentidão era de 61 quilômetros, ás 10h37, com a maioria dos trechos congestionados localizados na zona oeste da Capital. Por volta das 10h15, cerca de 100 motociclistas começavam a se agrupar para o início da manifestação, que deveria sair por volta das 11 horas da rua Boa Vista, seguindo pelas ruas Líbero Badaró e Brigadeiro Luis Antônio, até a Avenida Paulista, em frente ao Banco Central.   O protesto é contra o aumento no valor do seguro obrigatório, que teve porcentual de reajuste de 38% neste ano, passando para R$ 254,16.

Tudo o que sabemos sobre:
motoboysSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.