Protesto de taxistas fecha acesso a aeroporto em SP

Taxistas bloquearam o acesso ao Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, durante um protesto no início da manhã desta segunda-feira, 9. Os motoristas são contrários a uma decisão judicial que proibiu a Prefeitura de conceder, renovar ou transferir alvarás para taxistas e determinou a realização de licitação para a operação do serviço na cidade. Os manifestantes reivindicam ainda o direito de trafegar pelas faixas exclusivas para ônibus - hoje, os táxis têm permissão para circular apenas nos corredores de ônibus.

GABRIELA VIEIRA, Agência Estado

09 de setembro de 2013 | 08h25

Por volta das 7h, os motoristas seguiram em carreata pela Avenida Washington Luís, em direção ao aeroporto e bloquearam um dos acessos ao terminal. Às 7h45, os taxistas deixaram Congonhas em carreata até a sede da Prefeitura de São Paulo, na região central, ocupando uma faixa da Avenida 23 de Maio.

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o protesto provocou mais de oito quilômetros de congestionamento no sentido aeroporto do Corredor Norte-Sul. No sentido Santana, a manifestação causava seis quilômetros de filas. Às 8h, o índice de lentidão na capital já ultrapassava os 110 km, acima da média para o dia e o horário.

Tudo o que sabemos sobre:
protestoSPtáxis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.