Protesto paralisa exportações de grãos em Santos, diz Anec

O protesto de seis horas iniciado nesta manhã paralisou os embarques de soja e milho no porto de Santos, o maior do Brasil, informou a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec).

Reuters

22 de fevereiro de 2013 | 10h01

"Está tudo parado, recebi a notícia agora", afirmou diretor-geral da Anec, Sérgio Mendes.

Segundo ele, um terminal privado de grãos de Santos que tentou operar nesta manhã foi obrigado a paralisar os trabalhos, devido a um tumulto.

Trabalhadores portuários iniciaram nesta sexta-feira uma paralisação nos principais portos do país para protestar contra Medida Provisória 595, que muda regulamentações e incentiva investimentos privados no setor.

(Por Roberto Samora)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSPORTOSANEC*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.