Putin apóia vice-premiê para sucedê-lo na Rússia

Dmitri Medvedev, 42, deve ser indicado candidato à sucessão presidêncial de 2008.

BBC Brasil, BBC

10 de dezembro de 2007 | 12h40

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarou nesta segunda-feira seu apoio ao nome do atual vice-primeiro-ministro Dmitri Medvedev como candidato à sucessão presidencial do ano que vem.Medvedev, 42, atual presidente da gigante de gás Gazprom, coordenou a campanha de Putin em 2000 e foi um dos principais assessores de seu governo. Como vice-primeiro-ministro, ele supervisionou programas nacionais nas áreas de saúde, moradia e educação.Na semana que vem, Medvedev deve ser indicado como candidato à Presidência pelo partido Rússia Unida, que apóia Putin, encerrando meses de especulação. Outro nome que vinha sendo considerado por analistas era do também vice-primeiro-ministro Sergei Ivanov.A candidatura contará com o apoio de outras três siglas pró-Kremlin. O repórter da BBC em Moscou James Rodger disse que o apoio "maciço" à candidatura de Medvedev aumentará suas chances de vencer as eleições presidenciais marcadas para março do ano que vem.No sistema político russo, o presidente detém amplos poderes, que incluem a indicação de governadores de Províncias. Putin já deixou claro que pretende seguir influenciando e exercendo liderança na política russa após cumprir seu segundo termo como presidente.No início do mês, o Rússia Unida venceu com grande vantagem as eleições parlamentares, o que dará aos aliados do atual presidente voz dominante no Legislativo russo.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.