Divulgação
Divulgação

QM: leilões de animais faturam R$ 8 milhões

Ao todo, 1.740 animais participaram das competições, oficializada pela American Quarter Horse Association

O Estado de S.Paulo

22 Julho 2009 | 03h43

Terminou no sábado, em Avaré (SP), o 32º Campeonato Nacional Quarto de Milha, realizado pela Associação Brasileira de Criadores da raça. Foram oito dias de evento e, de acordo com os organizadores, a média de público foi de 8 mil pessoas por dia.

Uma das principais atrações do evento, os leilões movimentaram mais de R$ 9 milhões. Só nos sete remates realizados, o faturamento chegou a R$ 8 milhões, com a venda de 316 animais e média de preço superior a R$ 25 mil por animal. O restante do faturamento foi obtido com a comercialização de coberturas e cotas de coberturas.

Além dos leilões, o evento recebeu 4.511 inscrições para as competições. Ao todo, 1.740 animais disputaram as provas de maneabilidade e velocidade, cinco tambores, working cow horse, rédeas, team penning, ranch sorting, conformação, três tambores, seis balizas, laço em dupla (cabeça e pé), laço de bezerro e apartação. O campeonato, com a oficialização da American Quarter Horse Association, contou com a presença dos juízes norte-americanos Ronald Sharp e Don Toply.

Holland Best bateu o recorde nacional dos Três Tambores ao marcar 16s815, na categoria exibição. O novo recordista é cavalo castrado, filho de Holland Ease e A Merri Melody (Merridoc), e foi montado pelo cavaleiro Marcos Antonio Bueno. Ele é de propriedade de Hernani Azevedo da Silva Neto, de Salto (SP), e criação do Haras Fazenda Bela, de Capela do Alto (SP).

Outro destaque este ano foram os acessos pela internet. Conforme os organizadores, foram registrados 299.085 acessos pela Horse Brasil, além de 54.473 pela TBR World Link, que se conectaram ao site da ABQM para assistir às transmissões ao vivo pela internet. Foram feitas conexões de 14 países.

Mais conteúdo sobre:
Agrícola Quarto de Milha Campeonato

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.