Quadrilha explode agência bancária no RS

Uma quadrilha usou explosivos para entrar em uma agência do Banco do Brasil e tentar violar um caixa eletrônico em Nova Roma do Sul, a 160 quilômetros de Porto Alegre, na madrugada deste domingo. Apesar de acordar quase toda a população da cidade, que tem três mil habitantes, a ação pode ter sido frustrada. A polícia constatou que as bombas não abriram os compartimentos nos quais havia dinheiro depositado.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

13 de fevereiro de 2011 | 18h41

A descrição feita por algumas testemunhas à polícia indica que o bando, com pelo menos sete homens, se dividiu em diferentes tarefas. Pelo menos dois ladrões encapuzados tomaram quatro rapazes que passavam pela rua como reféns e controlaram a porta de um posto policial próximo para evitar que o único plantonista saísse do local, chegando a disparar algumas vezes contra o edifício, enquanto os demais entraram no banco. Depois de passar cerca de 15 minutos na agência e arredores, a quadrilha libertou os reféns e fugiu. Até o final da tarde nenhum dos bandidos havia sido capturado.

Tudo o que sabemos sobre:
assaltoRSbancos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.