Quando vamos aprender a comer castanha?

Quando vamos aprender a comer castanha?

Ela é do Brasil, mas ainda não do brasileiro. Ser opção de fruta seca natalina não faz jus a essa joia amazônica. Tudo começa com a castanha verde, iguaria fresca e rica em vitaminas: soltando aquele leite, ideal para cozinhar peixes e legumes. No processamento se destaca seu azeite, dos melhores para temperos e saladas. Nunca consegui uma maionese melhor do que a que faço com azeite de castanha.

Roberto Smeraldi,

26 Outubro 2011 | 20h40

O tamanho permite brincar com formas e texturas: as lascas, torradas e salgadas, viram snack de apelo. Subprodutos como farinha, granulado e creme entram no preparo de molhos, patês, recheios, farofas, sorvetes, bolos e tortas (faço com ela a massa de uma torta de ricota divina). E até hoje não comi melhor biscoito no Brasil que aquele de castanha da Miragina, empresa acreana que também desenvolveu embalagem primorosa para manter sua fragrância: um lanche irresistível com identidade brasileira.

JORNALISTA E GASTRÔNOMO, É DIRETOR DA OSCIP AMIGOS DA TERRA - AMAZÔNIA BRASILEIRA

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.