Quase 3 mil crianças estão sem casa em Teresópolis-RJ

A cidade de Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, tem 2.982 crianças e adolescentes tirados de suas casas pelas chuvas. Segundo garantiu o juiz da 2.ª Vara de Família, José Ricardo Ferreira de Aguiar, à ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência, que visitou as crianças ontem, todas estão com algum parente. A maioria foi para a casa de amigos ou para abrigos e está com pelo menos um dos pais. Não há dados finais das outras cidades atingidas pelas chuvas no Rio.

AE, Agência Estado

20 de janeiro de 2011 | 08h47

Entre os que perderam os pais, sobrou ao menos um familiar, que agora faz o papel de guardião. O juiz Aguiar chamou de "levianas" as denúncias anônimas de maus-tratos a menores. Já a ministra ressaltou que é preciso encarar os abrigos como um espaço transitório, e que as crianças têm de ir à escola quando o ano letivo começar. Ela não soube dizer se há crianças longe dos pais.

Para a ministra, não é o caso de pensar em uma política de adoção, pois as crianças devem ser cuidadas pelas próprias famílias. Futuramente, de acordo com o caso, segundo ela, pode-se recorrer ao Programa Família Acolhedora, que já está em funcionamento no Estado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvaRJcriançascasa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.