Quatro ainda lutam contra degola

Flu, Coritiba, Botafogo e Santo André brigam na rodada final: dois vão se juntar aos rebaixados Náutico e Sport

, O Estadao de S.Paulo

30 de novembro de 2009 | 00h00

O Fluminense está prestes a conseguir o que parecia um sonho impossível dez rodadas atrás. Ontem, goleou o Vitória, no Maracanã, por 4 a 0, com gols de Fred, Alan e Conca (2), e finalmente deixou a zona do rebaixamento depois de frequentá-la desde a 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Mas a situação do Flu era tão difícil que não lhe bastava só a vitória sobre o time baiano para escapar das últimas colocações. Precisava também que seus concorrentes diretos perdessem. E foi o que aconteceu. Os tropeços do Botafogo (derrotado por 2 a 0 pelo Atlético-PR) e do Coritiba (goleado pelo Cruzeiro por 4 a 1) ajudaram o clube carioca a depender só de si para continuar na Série A.

O time soma agora 45 pontos, na 15ª posição, um a mais do que o Coritiba - seu adversário da última rodada, no Couto Pereira - e também do Botafogo. Aliás, este é o primeiro clube a aparecer na zona do rebaixamento, em 17º lugar, mas continua dependendo apenas de si para escapar da queda, já que Fluminense e Coritiba farão um jogo em que somente um vai sobreviver na Série A. Mas, para continuar na elite, é preciso que antes de tudo o Botafogo vença o Palmeiras na tarde do próximo domingo, no Engenhão.

CRUZEIRO 4 X 1 CORITIBA

A situação do Coritiba é um pouco mais cômoda, apesar da derrota para o Cruzeiro por 4 a 1 ontem (gols de Henrique, Jonathan, Wellington Paulista e Eliandro para os mineiros e Jéci para os paranaenses). Com os mesmos pontos que o Botafogo (44) e três a mais que o Santo André, a equipe pode até perder para o Flu e não ser rebaixada. Para isso, basta que o Botafogo também perca e que o Santo André não vença o Inter, em Porto Alegre. Na disputa com os botafoguenses, o Coritiba leva vantagem no número de vitórias (12 a 10). E, se vencer o Fluminense, em casa, na última rodada, estará completamente livre.

ATLÉTICO-PR 2 X 0 BOTAFOGO

O Atlético-PR, que começou a rodada de ontem também ameaçado pelo rebaixamento, está fora de perigo após a vitória sobre o Botafogo por 2 a 0 (gols de Wallyson e Paulo Baier), na Arena da Baixada. O resultado deixou o clube com 47 pontos, em 14º, não podendo mais ser ultrapassado pelo Botafogo.

SANTO ANDRÉ 5 X 3 NÁUTICO

O último clube a depender da rodada final para definir seu futuro é o Santo André. Com 41 pontos e 11 vitórias, precisa vencer o Inter, no Beira-Rio, e torcer para que Botafogo e Coritiba percam. Só assim conseguirá escapar por superar o Coritiba no saldo de gols, hoje empatado em -12. Se um dos dois adversários não perder, inevitavelmente, a equipe do ABC fará companhia ao Náutico na Série B, a quem venceu ontem numa partida de oito gols: 5 a 3, com gols de Nunes (2), Wanderlei (2) e Rômulo para os paulistas, e Carlinhos Bala, Anderson Lessa e Claudio Luiz).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.