Quatro jogadores de Mônaco são contaminados por vírus H1N1

Quatro jogadores de futebol de Mônaco foram diagnosticados com o vírus da gripe H1N1 durante um acampamento escolar em Vichy, na região central da França, informou o clube Ligue 1 nesta sábado.

REUTERS

11 Julho 2009 | 14h38

Os jogadores envolvidos não foram identificados em um comunicado publicado no site do clube (www.asm-fc.com).

"Todas as medidas preventivas foram tomadas assim que os primeiros sintomas da gripe apareceram. A temperatura está baixa e o estado de saúde deles não é motivo de preocupação" disse o médico do time, Philippe Kuentz, citado no comunicado.

Os jogadores foram confinados em seus quartos e estão sendo tratados com o medicamento Tamiflu, segundo o documento.

O time continuará em Vichy até quarta-feira conforme programado, mas um amistoso contra a Ligue 2, de Clermont, foi cancelado e as sessões de treinamento acontecerão a portas fechadas.

A mídia britânica informou neste sábado que o zagueiro do Manchester City Micah Richards está se recuperando da gripe após ter sido diagnosticado com o vírus H1N1 durante as férias na ilha de Chipre.

(Reportagem de Etienne Ballerini)

Mais conteúdo sobre:
GRIPE JOGADORES MONACO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.