Quatro morrem em confronto com polícia no Rio

Mortos eram acusados de tráfico de drogas e assaltos na Favela da Palmerinha, zona oeste

Daniele Carvalho E Alessandra Saraiva, O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2008 | 13h19

Quatro homens acusados de assaltos e tráfico de drogas morreram baleados numa troca de tiros com a polícia na madrugada deste domingo, 27. O confronto ocorreu nas proximidades da linha férrea do ramal de Deodoro, na zona oeste do Rio. De acordo com informações da Polícia Militar, os homens, da Favela da Palmeirinha, estariam praticando assaltos na região. Segundo informações da Polícia, equipes do 9.º Batalhão da Polícia Militar (Rocha Miranda) foram ao local checar as denúncias de assaltos a motoristas. Mas ao chegar na área foram recebidos a bala por um grupo de traficantes. Mesmo com o tiroteio, não houve feridos entre os policiais durante o confronto. Mas os criminosos acabaram sendo baleados. Após o tiroteio com os PMs, os homens foram levados para o Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, zona norte do Rio, mas não resistiram aos ferimentos decorrentes do confronto. Com eles, foram apreendidas uma pistola Taurus calibre 380, dois revólveres 38 e um calibre 32, além de três granadas defensivas. Os policiais também encontraram entorpecentes com os criminosos. Foram contabilizados 180 pedras de crack e 60 papelotes de cocaína. O material apreendido após a troca de tiros foi apresentado na central de flagrantes da 28.ª DP (Campinho). E em seguida levado para a 30.ª DP (Marechal Hermes), também na zona norte do Rio, que já estava cuidando do caso dos assaltos na região.

Tudo o que sabemos sobre:
Tráficopolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.