Que vinho beber

O tomate não é um grande amigo dos vinhos, mas, ao contrário de coisas como chocolate e alcachofra, não é tampouco inimigo. A chave de tudo está na acidez. Quando a acidez do tomate aparece, seja em molhos ou in natura, é preciso que o vinho tenha um teor igualmente destacado de sabor ácido. Vêm à cabeça imediatamente duas palavras: tinto e Itália. Os vinhos italianos feitos com a uva Sangiovese (Chianti, por exemplo), os Barberas ou vários sicilianos de Nero d"Avola, irão muito bem. Mas a surpresa é que os brancos não estão descartados, desde que tenham marcada acidez. Vale qualquer uva, sempre sem madeira, com perfil de corpo leve e frutado, como os Sauvignons Blancs mais clássicos, os Pinot Gris e os Rieslings secos.

O Estado de S.Paulo

28 Outubro 2010 | 01h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.